Na hora de desenvolver e gerenciar um projeto é fundamental eleger uma metodologia consagrada. Com esse tipo de decisão, é mais fácil acompanhar e ajustar resultados para, ao final, conseguir um desempenho mais satisfatório.

Dentro dessa realidade, especialmente no mundo de tecnologia, uma das metodologias que se destaca é a Scrum. Não sabe do que se trata? Então continue lendo e entenda mais sobre essa metodologia!

O que é e como é feita?

Scrum é uma metodologia do tipo ágil focada especialmente no gerenciamento de projetos. Ela é executada da seguinte maneira: o projeto é dividido em sprints, como são chamados os ciclos temporais. Dentro de cada sprint há uma sequência de tarefas que devem ser executadas de modo a criar um produto com valor agregado.

Ao final de cada Sprint o produto é entregue ao cliente, que oferece seu feedback e entende mais sobre a construção do produto em si. A metodologia por si só é interativa, o que significa que há uma construção contínua do valor agregado e do produto até que ele esteja plenamente finalizado.

Para garantir a execução correta de todas as etapas, é realizada uma reunião diária e curta em que cada pessoa fala o que fez no dia anterior e o que pretende fazer até o dia seguinte. Com base nessa comunicação, todos têm consciência sobre o que já foi feito e o que será realizado, favorecendo o alcance de resultados.

Onde é aplicada?

Voltada para o gerenciamento de projetos, inicialmente essa metodologia foi pensada para o desenvolvimento de softwares. Utilizada até hoje nesse sentido, a metodologia permite a construção de uma solução com funcionalidades de acordo com as necessidades do cliente.

Porém, com a necessidade cada vez mais intensa de produtividade e eficiência, ela também passou a ser aplicada em uma variedade de outras situações. Atualmente, boa parte dos projetos pode utilizar essa metodologia para que sejam concluídos de maneira mais eficiente.

Quais são as vantagens?

Uma das maiores vantagens de utilizar essa metodologia é a economia de tempo que ela gera. Por ser um método ágil, há menos perdas produtivas em reuniões pouco esclarecedoras ou em tarefas constantemente procrastinadas.

Além disso, é uma metodologia que dá ainda mais poder ao cliente, chamado de product owner. Ele pode definir a sequência de ações, priorizar tarefas e acompanhar de perto todo o desenrolar do projeto. Isso vale tanto para clientes externos quanto para clientes internos, como gestores em geral.

Altamente transparente, a metodologia também estimula a identificação e atuação rápida em erros e incoerências. Isso garante que um projeto, a cada interação, se torne cada vez mais otimizado e menos custoso.

Como a metodologia Scrum beneficia o empreendedor?

O uso dessa metodologia é benéfico para o empreendedor principalmente porque otimiza o uso de recursos — de tempo, dinheiro e de capital humano. Baseando-se em equipes menores, é possível conseguir resultados adequados sem que haja desperdício.

Além disso, o uso dessa metodologia de maneira consistente pode servir para gerar uma vantagem competitiva para o negócio, que passa a ter mais qualidade e mais lucratividade com menos custos.

A metodologia Scrum trata-se de uma forma bastante ágil de gerenciar projetos, sejam eles de desenvolvimento de software ou não. Com uma atuação altamente otimizada, existe um ganho de eficiência no projeto, assim como da produtividade, favorecendo o empreendedor.

Ainda tem alguma dúvida sobre essa metodologia? Conte nos comentários!

Blog-Instagram