Os mercados de commodities são extremamente competitivos. As empresas que atuam nestes segmentos devem encontrar estratégias eficientes de como se diferenciar de seus concorrentes. A grande demanda garante que haja espaço para todos, mas a rentabilidade e o sucesso estarão nas mãos dos mais bem preparados.

Neste artigo você vai aprender algumas formas para ganhar vantagem competitiva se diferenciando de seus concorrentes.  Por isso, leia com atenção!

O que são commodities?

Commodity é uma expressão inglesa que significa simplesmente ‘mercadoria’. Na prática, representa produtos básicos de consumo em massa. Mas, para ser classificado como commodity, precisa ser produzido, negociado ou consumido em larga escala. Por isso, tem papel fundamental na economia de um pais, pois geralmente é um produto primário. Normalmente, as pessoas consideram apenas os produtos agropecuários, mas a lista se estende a indústria têxtil, minerais, financeiros e outros.

Blog-Instagram

Como se diferenciar?

O maior desafio para quem opera neste mercado é como se diferenciar dos demais participantes. Isto vale para quem já atua no segmento e, principalmente, para empresas em fase inicial.

O grande problema é a similaridade existente entre as marcas que disputam o mesmo espaço, em que há grande demanda, mas também excessiva quantidade de fornecedores. Neste cenário, a tendência é a diminuição da margem de lucro e a dificuldade em se destacar dos demais players. Por isso:

1. Estude o mercado

Se você quer aumentar as chances do seu negócio dar certo, esse primeiro passo é de extrema importância.

O objetivo do estudo de mercado é analisar aspectos quantitativos e qualitativos de um nicho, para entender se o mercado onde você atua ou pretende atuar, é o ideal para seu negócio.

Nunca é demais reforçar a importância de compreender o ambiente em que você atua. Conheça a fundo seus concorrentes, o comportamento dos consumidores, a parte do governo etc. Só assim você será capaz de pôr em prática qualquer estratégia de diferenciação de forma eficiente.

2. Diferencie-se pelo preço

Este pode ser o caminho mais complexo, pois a maioria das empresas tem processos internos e condições de compra semelhantes. Por outro lado, se conseguir reduzir sua estrutura de custos, diminuindo seu preço final – sem alterar a qualidade do produto –, certamente você atrairá novas vendas. Como as negociações ocorrem em larga escala, qualquer centavo a menos significa economia para quem compra.

3. Diferencie-se pela proposta de valor

A melhor forma para sair na frente é se diferenciar pela proposta de valor. Quando falamos de valor, não está ligado com preço do produto ou serviço, e sim, com a experiência do cliente com o serviço. Isto envolve melhor atendimento, melhor logística de entrega e demais serviços envolvidos no processo de venda. Essa estratégia pode garantir que seus consumidores sejam menos suscetíveis a variações de preços.

Lembre-se dessas 4 diretrizes quando for pensar em valor.

Excepcionalidade: seja original ou diferente do que o mercado já conhece. Seja um ponto fora da curva, procure inovar sempre.

Excelência: Esteja certo que sua proposta de valor se sobressaia e não seja apenas um ideal, mas sim uma meta que se cumpre ano após ano.

Exclusiva: É bastante importante que diante de seus concorrentes a sua proposta de valor seja única. Sendo ela responsável por diferenciar pelo menos uma das suas maiores características perante aos outros.

Desejável: Certifique-se de que sua proposta de valor cumpra uma necessidade e se torne um desejo para o consumidor.

O mais importante é saber que valor não é o que você pensa da sua empresa, mas o quanto oferece experiências positivas de consumo relacionadas ao que é importante do ponto de vista dos clientes. Invista tempo analisando os hábitos e as preferências dos consumidores e o que outras empresas oferecem.

4. Diferencie-se pelo produto

Outra alternativa é estabelecer vantagens na qualidade do produto final. A ideia é oferecer produtos melhores que os que já existem no mercado, otimizando a experiência de uso, mesmo que justifique um aumento razoável no preço. Um exemplo está no mercado de combustíveis, em que as principais fabricantes criaram as gasolinas aditivadas como melhor opção ao combustível comum.

O problema da diferenciação por produtos é a facilidade que os concorrentes têm para copiar cada novidade que é lançada no mercado.

5. Invista em estratégias de comunicação

Definida a forma de diferenciação, o próximo passo é comunicar para seu público-alvo para que a estratégia ganhe vida.

Desenvolva uma estratégia de marketing para conscientizar os consumidores atuais e potenciais sobre seu novo posicionamento. Após analisar o comportamento deles, identifique os canais em que estão presentes, tanto no meio online (internet) como no offline (localização geográfica, eventos etc.). Crie uma campanha consistente e por um período suficiente para reforçar a marca e divulgar os produtos de sua empresa.

Alguns tipos de divulgação que proporcionam melhor efeito são:

  • Estratégia de Inbound Marketing
  • Estratégias de Marketing Digital
  • Investir em marketing de conteúdo
  • Demonstrar os bastidores dos processos internos através de fotos, vídeos etc.
  • Promover eventos trazendo os principais clientes para conhecer a estrutura da empresa

Para saber como se diferenciar em segmentos extremamente disputados como os de commodity, você precisa estar preparado para ter um conhecimento profundo sobre o mercado, os consumidores e, principalmente, as estratégias de seus concorrentes.

Gostou deste artigo? Então, agora aprenda a fazer um planejamento anual de marketing.

 

Empresa de Comunicação Visual no Rio de Janeiro