Saber como agregar valor a produtos e serviços é uma das tarefas mais difíceis que as empresas enfrentam atualmente, pois há uma concorrência muito grande de itens similares no mercado. Nem sempre o cliente entende o valor real de uma mercadoria e pode acabar escolhendo uma outra similar pelo preço, por considerar que se trata da mesma coisa.

Por esse motivo, se você deseja agregar valor ao produto ou serviço que comercializa, deve usar técnicas para que seus clientes reconheçam esse valor, que vai muito além do preço! Quer saber como fazer isso? Continue a leitura e confira!

Considere a diferença entre valor e preço

Agregar valor e definir o preço de um produto ou serviço são ações totalmente diferentes. O preço refere-se ao montante de dinheiro gasto para adquiri-lo. O valor refere-se às características: seu diferencial, sua credibilidade, o que ele representa para o consumidor.

Esse valor agregado é o que justifica que milhares de pessoas comprem um iPhone de mais de R$ 5.000,00, por exemplo. O valor agregado à marca Apple é o que faz com que várias pessoas adquiram o produto sem questionar o preço, afinal, estão adquirindo um iPhone, um produto que é sinônimo de qualidade, e não um celular qualquer.

Fortaleça sua marca

Mesmo que você tenha um pequeno negócio, empreenda esforços para criar uma marca forte no mercado. Ao transmitir credibilidade, os clientes entendem que o produto tem o mesmo valor da marca.

Você pode não ter muita verba disponível para campanhas publicitárias, mas pode fazer com que os clientes confiem em você, realizando um bom atendimento e pós-venda eficientes, além de outras práticas, que abordaremos a seguir.

Blog-Instagram

Preze pela qualidade

Como agregar valor a um produto que não tem as qualidades inicialmente atribuídas a ele? Você pode até fazer isso, mas terá prejuízos, pois logo seus clientes perceberão que se trata de propaganda enganosa. Portanto, preze pela qualidade do que vende, acima de tudo.

Além disso, se o preço de seu produto está acima do mercado, mas ele possui um diferencial em relação aos concorrentes, seus clientes não reclamarão do preço.

Mostre os benefícios

Como mencionamos, a Apple sabe muito bem como agregar valor ao produto, pois ela não vende apenas celulares, tablets e computadores, mas benefícios como: status, exclusividade e bom gosto.

Portanto, mostre ao cliente as vantagens que ele terá ao adquirir os itens comercializados por você. É importante que ele veja que existe um valor agregado, além do preço.

Ofereça vantagens adicionais

Comprar um item e receber outro de brinde é uma ótima forma de agregar valor ao seu processo de venda. Por exemplo, se um cliente resolve adquirir um computador e no pacote está incluso assistência técnica gratuita por um período de um ano.

Pensemos em uma outra situação: na compra de um computador, o cliente ganharia uma impressora. Mesmo que ele pague um pouco mais caro, sentirá que valeu a pena pelos benefícios incluídos.

Agregar valor ao produto pode melhorar seu negócio

As Sandálias Havaianas foram consideradas por muito tempo como um “chinelo de segunda linha”. Porém, a marca fez uma campanha de reposicionamento e mudou totalmente a visão que as pessoas tinham. Hoje, elas são um produto cujo preço foi elevado e com boa aceitação no mercado brasileiro e internacional.

Esse é mais um exemplo de como agregar valor ao produto pode fazer com que seu negócio cresça e seja mais bem-aceito. Utilize essas dicas e veja os benefícios! Gostou deste post? Que tal compartilhá-lo em suas redes sociais e mostrar aos seus amigos o conteúdo interessante que você acabou de ler!

 

Solicite seu orçamento