Quando um produto é desenvolvido, são levados em conta critérios que, via de regra, deverão fazer com que o consumidor decida pela sua compra. Entram nessa lista funcionalidade, qualidade, embalagem, inovação, dentre muitos outros. Mas a decisão final de compra sempre acontece no último segundo — no caso do varejo, no ponto de venda (ou PDV). Ou seja, atrair o cliente para uma boa experiência de merchandising nessa fase da venda é crucial para o bom faturamento da empresa.

Claro, não basta que você apenas posicione o produto a ser vendido na estante, prateleira ou qualquer outro tipo de aparato, mas você também deve investir na comunicação daquele produto com seu possível cliente no ponto de venda. Isso significa que aquele momento no qual o cliente chega no PDV, o produto deve transmitir algo, mensagem ou sentimento que o fará sentir imediata necessidade de comprar o item. Mas como fazer isso? Como despertar tantas coisas em seu cliente através da disposição de seus produtos? Para saber dessas e outras respostas, confira estas 4 dicas essenciais que preparamos para você sobre como o ponto de venda que pode fazer seu faturamento aumentar!

Quem é o público-alvo?

Antes de investir em qualquer estratégia ou ação, é imprescindível que você descubra quem é o seu público-alvo. No caso, quem são as pessoas que geralmente passam nas imediações do ponto de venda. Maioria de homens, mulheres, crianças? Jovens ou pessoas de mais idade? Tente descobrir o que elas procuram e por que passam por aquele caminho. Além de saber quem é o público com quem você está lidando, é importante conhecer a fundo o produto, com todas as suas características, vantagens, benefícios e limitações.

Use recursos visuais

O objetivo aqui é somente um: chamar a atenção do consumidor transeunte. Para tal, vale a instalação e uso de recursos visuais de merchandising bastante chamativos, como displays e totens, que devem ter arte destacada e ser bem coloridos. No caso de uma vitrine, ela deve ser bem organizada e apresentar os produtos em promoção. Se possível, com algo que chame a atenção, como uma decoração ousada. Outro recurso que pode ser muito bem explorado são telas de LCD específicas para PDV, nas quais podem ser exibidos vídeos explicativos, de demonstração e até mesmo informativos.

Degustação

A degustação no ponto de venda é geralmente utilizada no caso de produtos comestíveis, e montar uma estrutura dessas exige um pouco mais de esforço – você teria que, por exemplo, contratar alguém para oferecer o produto aos transeuntes. Mas o índice de aprovação e compra do produto quando essa estratégia é utilizada costuma ser bastante satisfatório.

Limpeza, organização e sinalização

Se existe algo que irrita o consumidor de maneira brutal é a falta de informação nas gôndolas, como dados e valores. Ou seja, de nada adianta investir em ações de merchandising e campanhas de PDV bem elaboradas, se o consumidor não encontra o que precisa com a facilidade e praticidade que deseja. Além disso, ambiente limpo é imprescindível em qualquer tipo de estabelecimento, além de ser extremamente agradável aos olhos dos clientes estar em um PDV limpo, organizado, onde nada mais irá importar além de qual produto levar.

Agora queremos saber de você: como é feita a organização de seu ponto de venda? Possui alguma técnica especial para o display de seus produtos? Então venha compartilhar sua experiência contando para nós através dos comentários!